Entenda o crescente uso da blockchain

Abr 07, 2021 at 18:48 // NOTÍCIAS

Blockchain é uma tecnologia que vem sendo usada em vários setores que vão muito além do uso com as criptomoedas. Quais seriam algumas características que fazem dessa tecnologia disruptiva cada vez mais usada em projetos descentralizados, empresas e até mesmo governos?

Diferente de alguns anos atrás, já não há tanta surpresa quando uma empresa ou serviço anuncia que está migrando suas atividades para o serviço de redes distribuídas conhecido como blockchain. Entre as soluções mais utilizadas, existem muitas empresas que utilizam blockchain como um notário, como é o caso da Vibook, com foco no registro e armazenamento de conteúdo da economia criativa.

Um outro exemplo é a empresa Accuchain. Com sede no Vale do Silício, Accuchain pretende ser uma solução para o setor de contratação, validando e registrando currículos em blockchain, além de conectar contratantes e candidatos a empregos.

Outros casos corriqueiros de blockchain podem ser encontrados no setor de logística, controle de cadeias de suprimento, armazenamento confiável de dados, para informações compartilhadas de forma confiável e muito mais.

Mesmo que possua suas limitações e pontos que necessitam melhorias, blockchain apresenta diversas características positivas que devem ser consideradas. A seguir, veremos algumas delas.

Transparência e Anonimato


A maioria das blockchains públicas são open source, o que significa que possuem código aberto. Sendo assim, qualquer desenvolvedor pode analisar, verificar, auditar e até mesmo sugerir melhorias nessas cadeias de blocos. Os registros da blockchain também são de fácil verificação, apesar de ser quase impossível a adulteração.
Por isso, ao mesmo tempo que é transparente, é bem segura.
Podemos somar aqui o fato de que podemos ver todas as transações, mas não é necessário incluir os dados pessoais dos envolvidos na transação. Assim podemos concluir que uma blockchain é ao mesmo tempo transparente e anônima.

Custos de transação reduzida


Transferência financeira usando criptomoedas são mais baratas do que a maior parte dos meios tradicionais de envio de valores. Um dos motivos para as transações baratas vem pelo fato de que criptomoedas não utilizam intermediários.
Sendo assim, você manda as moedas diretamentes para o destinatário final, em uma rede chamada P2P, que pode ser traduzido como de pessoa para pessoa ou de ponto a ponto.

Velocidade


Enviar remessas de dinheiro para o exterior já não é tão burocrático como antigamente, mas ainda leva muito tempo e pode envolver taxas pesadas. Ao usar as criptomoedas, a confirmação pode vir com poucos minutos. Alguns projetos de criptografia levam poucos segundos para a confirmação. Diferente dos sistemas bancários, a rede blockchain funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. Não importa se é feriado ou tarde da noite: por não haver intermediários, as transações não serão afetadas pela hora que acontecem.

Descentralização

Blockchain não é como sistemas tradicionais que armazenam os dados em bancos de dados localizados em servidores centrais. De forma diferente, cada usuário pode ter sua própria cópia dos registros, o que ajuda a manter toda a rede segura.
Uma das grandes e famosas vantagens é que uma cadeia de blocos não depende de um grande servidor central para guardar seus dados.
Se um participante mal intencionado desejasse modificar um dos dados da rede, não bastaria alterar apenas as informações de sua cópia da blockchain. Ao menos 51% de todo o poder de processamento da rede precisa ser corrompido para que as alterações surtissem efeito. Considerando que existe um número enorme de nodes espalhados pelos mais diversos países, a possibilidade de um ataque ou alteração bem sucedida é bem pequena.

Existem mais vantagens que fazem com que a Blockchain seja uma tecnologia em plena ascensão. Vale a pena aprender mais sobre o assunto e aprender sobre esta tecnologia que está cada vez mais presente em nosso dia a dia.


Show comments(0 comments)